Total de visualizações de página

Pesquisar este Blog

Translate

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

SQL - Manual

 MySQL Manual

https://dev.mysql.com/doc/refman/8.0/en/language-structure.html


Transact SQL

https://docs.microsoft.com/pt-br/sql/t-sql/language-reference?view=sql-server-ver15


Oracle SQL

https://docs.oracle.com/cd/E11882_01/server.112/e41085/sqlqr01001.htm#SQLQR110


PosgreeSQL

https://www.postgresqltutorial.com/

https://www.postgresql.org/docs/9.2/sql-syntax.html




Scala (Back-end)

 Scala (back-end)

Um dos recursos exclusivos do Scala é a criação de código conciso combinando programação funcional e orientada a objetos. Os desenvolvedores também têm acesso a uma vasta gama de tempos de execução JVM e JavaScript para a criação de aplicativos de alto desempenho. Scala é interoperável com Java porque também é movido por JVM. Os codificadores podem até mesmo combinar as duas linguagens para desenvolver soluções exclusivas. Um dos recursos que tornam o Scala excelente é o suporte para tipos estáticos. Isso tira o aborrecimento dos tipos estáticos do desenvolvedor.

Características

1) Codificação concisa: Os métodos de codificação do Scala são orientados a objetos e funcionais. Esse recurso torna os códigos Scala simples e fáceis de manter.

2) Interoperabilidade Java: Scala trabalha com JVM, tornando-se totalmente compatível com a linguagem de programação Java. Portanto, seja o código escrito em Java ou Scala, ele produzirá o mesmo resultado. É por isso que os desenvolvedores Java consideram o Scala útil para o desenvolvimento de back-end.

3) Fácil manutenção: a natureza concisa do código Scala facilita a manutenção porque é altamente legível. Portanto, os desenvolvedores podem trabalhar em um código de terceiros sem complicações.

Limitações

  • A abordagem do Scala para codificação é totalmente diferente dos métodos convencionais de programação Java.
  • Scala combina programação funcional e orientada a objetos, o que é um pouco desafiador para alguns desenvolvedores.


Kotlin (Back-end)

 Kotlin (Back-end)

Kotlin ganhou popularidade recentemente devido à sua adoção para a criação de aplicativos pela JetBrains em 2011 e posteriormente pelo Android Studio. Ele está gradualmente substituindo o Java como a plataforma dominante para a construção de aplicativos Android. Dados recentes mostram que mais de 60% dos aplicativos Android foram criados com Kotlin, que interopera perfeitamente com Java. É sem dúvida uma das plataformas mais populares para o desenvolvimento móvel.

Características 

1) Código conciso: em comparação com outras linguagens de programação, os desenvolvedores escrevem menos códigos para realizar as tarefas do aplicativo.

2) Manutenção de código simples: os desenvolvedores podem ler e editar códigos rapidamente, graças à natureza concisa do código Kotlin.

3) Interoperabilidade Java: Kotin funciona perfeitamente com Java. Não há necessidade de migrar o código de Java para Kotlin ou vice-versa. Os desenvolvedores podem chamar o código Kotlin de Java ou chamar o código Java de Kotlin para adicionar mais funções.

Limitações

  • As variáveis e funções do Kotlin não têm tipos primitivos. Essa deficiência seria um desafio para os programadores que estão acostumados com tipos primitivos em outras linguagens.
  • A falta de tipos primitivos torna problemáticas as tarefas de gerenciamento de variáveis e de saída de funções.
  • A compilação do Kotlin para aplicativos Android é mais lenta em comparação com o Java.


C++ (Back-end)

 C++ (Back-end)

C ++ é basicamente a linguagem de programação C com várias adições. Por exemplo, C ++ introduziu a programação orientada a objetos adicionando “classes” ao seu arquétipo de programação. As linguagens de programação modernas adotaram a programação orientada a objetos como um padrão porque ajuda os programadores a escrever códigos estruturados ao delinear relacionamentos.

Esta linguagem de programação é uma das mais antigas que existem. Como uma linguagem de programação de baixo nível, pode interagir diretamente com o hardware do sistema. É por isso que os desenvolvedores o usam para criar aplicativos para sistemas operacionais, dispositivos de jogos, bancos de dados, sistemas incorporados e muitos outros.

Características

1) É portátil: um dos principais recursos do C ++ é sua independência de plataforma. Os aplicativos C ++ funcionam em diferentes sistemas operacionais, plataformas de hardware e sistemas incorporados.

2) Vantagem da programação de objetos: C ++ cria mais valor ao oferecer suporte à programação orientada a objetos, que não é suportada pela linguagem C. Os desenvolvedores acham mais fácil usar C ++ devido ao seu arquétipo de programação estruturada.

3) Excelente gerenciamento de memória: Com C ++, os desenvolvedores podem gerenciar a alocação de memória com mais eficiência, pois oferece controle absoluto sobre o gerenciamento de memória.

4) Linguagem de baixo nível: Como uma linguagem de programação de baixo nível, C ++ pode interagir com os dispositivos do sistema. É por isso que C ++ é usado para programar a maioria dos recursos de hardware.

Limitações

  • A capacidade do C ++ de interagir com o hardware também é uma deficiência da tecnologia e de seu back-end. Um usuário malicioso pode explorar esta lacuna para interagir com o hardware do sistema.
  • C ++ carece de um utilitário de coleta de lixo automatizado que filtra dados desnecessários.



Perl (Back-end)

 Perl (Back-end)

Larry Wall desenvolveu o Perl há mais de três décadas, e a linguagem de script de uso geral ainda está se fortalecendo hoje. Na verdade, uma pesquisa recente de desenvolvedores da Stack Overflow classificou a Perl como a linguagem de programação mais bem paga em todo o mundo. Não surpreendentemente, outro estudo da mesma empresa classificou Perl entre as 3 linguagens de programação mais temidas.

Embora o Perl possa parecer uma linguagem antiga, o Perl 5 ainda é amplamente usado para automação e prototipagem.

Características

1) Funciona em várias plataformas: Perl funciona em vários sistemas operacionais, incluindo Mac, Windows, Linux e Unix.

2) Código-fonte aberto: Assim como outras linguagens de programação de back-end de código-fonte aberto, Perl oferece várias bibliotecas. No entanto, você pode ter que pagar pequenas “taxas de cópia” para acessar as bibliotecas.

3) Extensibilidade e capacidade de incorporação: Perl pode aproveitar TWIG e XS para oferecer suporte a bibliotecas externas C e C ++. Os códigos Perl também podem ser incorporados em programas C e C ++.

4) Funções de processamento de texto: As capacidades de processamento de texto do Perl são excelentes. A versão recente do Perl ainda mantém a conformidade POSIX e retém os mesmos recursos avançados para processamento de chamadas de soquete.

Limitações

  • Corrigir bugs e isolar dados infecciosos no Perl é um desafio.
  • O processamento do Perl não é tão excelente quanto outras alternativas de alto desempenho.
  • As bibliotecas disponíveis em Perl não possuem recursos avançados.
  • Perl acha difícil lidar com códigos extensos.
  • Ele está atrasado em termos de velocidade e recursos de escalabilidade.
  • Contratar um engenheiro de back-end Perl é caro, pois é uma linguagem antiga que os novos desenvolvedores não querem mais aprender.

C# .NET (Back-end)

 C# .NET (Back-end)

Uma das linguagens de programação mais populares para o desenvolvimento de back-end é C #, comumente chamada de C-Sharp. Ele faz um excelente trabalho na automação de codificação em servidores Windows e plataformas web (usando o framework ASP.Net.) C-Sharp, que é mais ou menos uma extensão do C ++, já existe há muito tempo.

C # encontra ampla aplicação no desenvolvimento de aplicativos de desktop e também em sistemas incorporados. Ele executa o código mais rápido do que a maioria das linguagens de programação. C # foi usado para criar plataformas semelhantes ao Unity para desenvolvimento de jogos e para criar aplicativos CLI.

Características

1) Desenvolvimento de plataforma cruzada: os aplicativos com back-ends C-Sharp podem ser executados em vários sistemas operacionais, como macOS, Windows, Linux, etc. Este artigo sobre estruturas de plataforma cruzada discute o desenvolvimento de plataforma cruzada mais adiante.

2) Vantagem orientada a objetos: Como uma linguagem orientada a objetos, o código C # faz uso de classes e relacionamentos. Essa abordagem permite a reutilização de trechos de código e fácil solução de problemas de código.

3) Compatibilidade extensiva: aplicativos C # apresentam compatibilidade com sistemas legados. Por exemplo, organizações que ainda usam versões mais antigas de estruturas de programação considerariam C # inestimável.

4) Recurso de coleta de lixo: C-Sharp tem um recurso que elimina todos os resíduos do sistema. Este é um ótimo recurso que acelera a execução do programa. A melhor parte é que o sistema continua a funcionar perfeitamente durante o procedimento de coleta de lixo.

Limitações

  • Como uma linguagem de programação de alto nível, o código C # não pode se comunicar diretamente com o hardware.
  • C # é altamente rígido em comparação com outras tecnologias de back-end porque ele só funciona no .Net Framework e só pode ser instalado e executado em um computador Windows.

Java (Back-end)

 Java (Back-end)

O índice 2021 TIOBE classifica Java em segundo lugar entre as tecnologias de desenvolvimento de backend hoje. Essa classificação indica que Java é uma das linguagens de programação mais influentes hoje. James Gosling inventou a linguagem de programação em 1991, mas não foi até 1995 que a Sun Microsystems a publicou.

Ao longo dos anos, o Java surgiu como a plataforma de escolha para desenvolvedores que preferem criar aplicativos da web com recursos personalizados e inovadores. Java também é útil para desenvolvimento móvel e aplicativos em dispositivos incorporados.

Características

1) Escalável e direto: Java Enterprise Edition é útil para criar aplicativos escalonáveis, permitindo que o servidor execute várias instâncias. Os componentes Java estão prontamente disponíveis e a sintaxe é fácil de entender. Todos esses recursos o tornam excelente como uma tecnologia de desenvolvimento de backend.

2) Multi-Threading: Java é capaz de lidar com solicitações em threads independentes em um servidor web multi-thread. É por isso que o Java tem um desempenho excelente com aplicativos que exigem grande capacidade de CPU.

3) Bibliotecas de código aberto massivas: os desenvolvedores podem aproveitar bibliotecas de código aberto massivas para agilizar as tarefas de desenvolvimento do lado do servidor. Algumas dessas bibliotecas incluem testes de unidade, excel, mensagens, análise JSON e muito mais.

4) Segurança aprimorada: Java é conhecido por sua segurança rígida; ele fornece vários recursos que reduzem os riscos de segurança. Por exemplo, a Java Virtual Machine verifica os bytecodes java para manter os vírus afastados. Outros recursos que aumentam a segurança são o modelo de segurança Java e o teste de código reutilizável.

Limitações

  • A programação Java é cara e demorada.
  • A programação de baixo nível e o comando para coleta de lixo estão visivelmente ausentes.
  • O alto custo dos requisitos de hardware torna cara a implementação de back-ends baseados em java.
  • O kit de ferramentas Swing, o aplicativo de desenvolvimento Java GUI, carece da interface intrigante de outras ferramentas GUI da moda.


PHP (Back-end)

 PHP (Back-end)

PHP foi desenvolvido por Rasmus Lerdorf em 1994; desde então, o PHP evoluiu para uma das principais linguagens de programação do lado do servidor hoje. Na verdade, uma pesquisa da W3Tech mostra que mais de 79% dos sites globais são alimentados por

Features

PHP é uma linguagem de programação multifuncional fácil de usar. Funciona perfeitamente com uma ampla variedade de bancos de dados e sistemas operacionais. Estruturas modernas, uma base de código enorme e a comunidade PHP ativa são fatores que impulsionam a evolução contínua do PHP.

1) Código aberto e versátil: há muitas bibliotecas PHP online gratuitas que os desenvolvedores podem aproveitar para desenvolver códigos de back-end rapidamente. Quase todos os sistemas operacionais, como Windows e Linux, oferecem suporte a PHP. Além disso, os aplicativos PHP também podem ser iniciados em qualquer servidor web.

2) Econômico: o PHP está disponível gratuitamente e conta com o suporte de uma vibrante comunidade de desenvolvedores. Contratar um desenvolvedor PHP não é caro. O 2020 Stack Overflow Developer Survey sobre as tecnologias mais bem pagas classificou o PHP da penúltima posição.

3) Fácil de usar: surgiram muitos frameworks PHP que simplificam a programação, eliminando a necessidade de escrever códigos SQL tediosos. Alguns deles usam o sistema Object Relational Mapping (ORM) que funciona como o model-view-controller (MVC) para escrever funções do lado do servidor rapidamente.

4) Excelente para iniciantes: a simplicidade do PHP o torna uma linguagem ideal para novos desenvolvedores. Eles podem começar a funcionar rapidamente devido à curta curva de aprendizado.

5) Funções de automação: o recurso de script do PHP o torna útil para a criação de automação, como autenticação, mapeamento de URL, gerenciamento de sessão e muito mais.

6) Segurança embutida: Embora muitas pessoas pensem que o PHP não é seguro, ele tem muitos recursos de segurança embutidos que permitem a você mitigar várias ameaças.

Limitações

  • A influência do PHP como tecnologia de desenvolvimento está diminuindo. Hoje em dia, as pessoas dificilmente incluem PHP em suas habilidades de desenvolvimento.
  • PHP não pode competir de forma eficiente com tecnologias de desenvolvimento modernas como Ruby e Python devido a bibliotecas limitadas.
  • Como uma plataforma de código aberto, o PHP é suscetível ao uso indevido e à criação de códigos com erros.


Ruby (Back-end)

 Ruby (Back-end)

Ruby foi desenvolvido em 1990 por Yukihiro Matsumoto, um especialista japonês em computadores. A linguagem de programação que compartilha sintaxe semelhante com Python, Java e Perl também surgiu como uma das tecnologias de back-end líderes hoje. É uma plataforma popular para o desenvolvimento de aplicativos da web e é preferida pela maioria dos desenvolvedores para prototipagem.

Algumas das principais plataformas online, como Shopify, Airbnb e Etsy, usam Ruby para automatizar tarefas de back-end. Os recursos orientados a objetos, flexíveis e escaláveis o tornam a plataforma preferida.

Características

1) Altamente produtivo: Ruby é altamente produtivo para realizar atribuições de back-end devido à sua alta legibilidade de código e muitas bibliotecas de terceiros. Os desenvolvedores podem acessar todas as ferramentas de que precisam no Ruby; eles dificilmente precisam fazer referência à documentação externa.

2) Metaprogramação: Ruby suporta metaprogramação, o que permite que um programa adquira dados de outros programas e se modifique durante a execução. Junto com outras ferramentas, como macros, scripts e introspecção, agilize a entrega de projetos de aplicativos em Ruby.

3) Biblioteca massiva: Ruby pode tirar proveito de vários módulos de terceiros disponíveis em RubyGems.

4) Recursos de teste: Ruby é equipado com uma biblioteca enorme contendo vários recursos de teste e automatizados que aprimoram o desenvolvimento de produtos de alta qualidade.

5) Rápido e confiável: os scripts de back-end podem ser criados mais rapidamente com Ruby em comparação com outras tecnologias de script. Os métodos de programação orientados a objetos tornam o Ruby mais resiliente e excelente para fazer consultas e processar resultados. Ele pode desenvolver códigos 40% mais rápido do que muitas outras linguagens de script.

Limitações

  • O tempo de execução de outras linguagens de script é relativamente mais rápido do que Ruby.
  • Apesar de ter uma comunidade de código aberto, Ruby tem fontes e bibliotecas limitadas.
  • Ruby é novo em comparação com outras linguagens de programação; os desenvolvedores de back-end existentes acham difícil aprender.
  • Os códigos Ruby são difíceis de depurar.


Python (Back-end)

 Python (Back-end)

Desde que o Python foi criado em 1991 por Guido van Rossum, ele cresceu e se tornou uma das linguagens de programação multifuncionais líderes no mundo hoje. Os desenvolvedores de back-end utilizam seus códigos organizados e altamente legíveis para criar scripts funcionais para lidar com atribuições de back-end.

Uma pesquisa de 2020 feita por Stack Overflow revelou que é a principal linguagem de programação de back-end que os desenvolvedores esperam aprender. Python liderou essa categoria por quatro anos consecutivos. Ele também foi classificado em terceiro lugar entre as linguagens de programação mais amadas existentes.

Características

1) Relativamente fácil de aprender: um dos benefícios do Python é o estilo de codificação semelhante ao inglês, que o torna altamente legível. Portanto, codificar e ler códigos Python é relativamente fácil para programadores novos e experientes.

2) Bibliotecas enormes: Python conta com o suporte de bibliotecas enormes que reduzem a necessidade de escrever códigos manualmente. Algumas bibliotecas contêm códigos que aprimoram tarefas como e-mail, navegação, atribuições de banco de dados, teste de unidade e muito mais.

3) Eficiente em termos de custos: além de Python ser uma plataforma de código aberto para download gratuito, ele também oferece várias ferramentas e recursos gratuitos que aprimoram os projetos de desenvolvimento de aplicativos.

4) Recursos de IoT: os desenvolvedores podem aproveitar os recursos modernos do Python para criar objetos físicos Raspberry Pi.

5) Códigos incorporáveis: com a regra Write Once Run Anywhere (WORA), o código python pode ser incorporado no código-fonte de outras linguagens, como C ++.

Limitações

  • A execução do código Python fica lenta quando é interrompida. Essa deficiência prejudica todo o projeto de desenvolvimento de aplicativos.
  • A camada de acesso ao banco de dados Python é menos desenvolvida em comparação com outras linguagens de programação de back-end.
  • Testes extensivos são necessários para detectar erros e bugs nos códigos Python.
  • É altamente dependente de bibliotecas e estruturas de terceiros.


JavaScript (Back-end)

 JavaScript (Tecnologia Back-end)


Por quase uma década, o JavaScript emergiu como a linguagem de programação mais popular na Pesquisa Anual StackOverflow. Na recente Pesquisa para Desenvolvedores de 2020, 69,7% dos entrevistados escolheram JavaScript como a linguagem de programação mais amplamente usada.

JavaScript não é mais apenas uma linguagem de script do lado do cliente, porque tecnologias como Node.Js permitem que você execute operações do lado do servidor. O Node.js depende das estruturas do lado do servidor chamadas Express.js para criar uma plataforma que permite aos desenvolvedores escrever códigos que são executados no servidor.

Assim que o Express.Js estiver instalado e funcionando com o Node.Js, os desenvolvedores podem usar JavaScript como linguagem de desenvolvimento de front-end e back-end. Ele também oferece uma interface de programação de aplicativos (API) para a criação de vários aplicativos, incluindo aplicativos móveis, híbridos, da web, de uma e várias páginas.

Características

1) Desenvolvimento rápido: como a mesma linguagem é usada para o desenvolvimento de front-end e back-end, os programadores podem criar aplicativos da web e móveis mais rapidamente com JavaScript.

2) Menos sobrecarga de scriptAlguns recursos integrados do JavaScript, como DOM e hoops, aumentam a eficiência da codificação e melhoram o desempenho e menos sobrecarga de script.

3) Tecnologia Lean Back-end: JavaScript usa plataformas de backend como Express.js, que serve como um middleware para resolver vários desafios de desenvolvimento. Eles fornecem várias funções, como dados POST, cabeçalhos de sutura, tratamento de erros, registrador de solicitações HTTP e muito mais. Além disso, as regras de programação do JavaScript são menos rígidas, dando aos desenvolvedores mais liberdade para trabalhar com seu middleware preferido.

4) Corte de custosa eficiência do JavaScript reduz os esforços de programação e os custos necessários para desenvolver aplicativos. Uma vez que a mesma linguagem de programação é usada para criar códigos de front-end e back-end.

5) Vantagem de ser código aberto: Ter uma comunidade vibrante que oferece suporte à tecnologia de programação é essencial para seu aprimoramento contínuo. Felizmente, JavaScript e suas contrapartes de back-end são plataformas de código aberto com comunidades ativas de desenvolvedores de back-end e front-end que impulsionam inovações contínuas.

6) Recursos de I / O: a natureza robusta do Express.js e do Node.js permite que ele lide com toneladas de solicitações de I / O e notificações de aplicativos conectados.

Limitações

  • As funções orientadas a eventos dos back-ends JavaScript são um tanto complicadas, fazendo com que os desenvolvedores com experiência em outras plataformas interpretem mal os retornos de chamada. Este desafio foi resolvido principalmente nas versões mais recentes.

  • Muitos programadores que usam o desenvolvimento do lado do servidor JavaScript não entendem como o middleware funciona.
  • Hospedar estruturas de back-end de JavaScript com banco de dados MySQL é complicado.
  • Alguns desenvolvedores acham que a abordagem de design padrão para o desenvolvimento é preferível à liberdade que as estruturas de back-end JavaScript não definidas oferecem.


Programação Back-end

 Tecnologias Back-end

O que é programador back-end?

No mundo da programação, o programador back-end se refere a quem programa  códigos de computador que lidam com operações do lado do servidor, como lógica do servidor, funções de banco de dados e muito mais.

As tecnologias de back-end são indispensáveis na criação, execução e gerenciamento de aplicativos modernos. Na verdade, selecionar o back-end certo pode fazer a diferença entre o sucesso ou o fracasso dos projetos de desenvolvimento de aplicativos. É por isso que empresas de todos os tamanhos e tomadores de decisão de TI precisam pesquisar o melhor back-end para seus projetos desde a fase de planejamento.

A tecnologia de back-end certa aprimora as operações de aplicativos sem complicações, melhorando a velocidade, escalabilidade e capacidade de resposta do aplicativo. No entanto, filtrar as opções para selecionar o melhor back-end para um projeto de aplicativo pode ser um desafio. É por isso que simplificamos as 10 principais tecnologias de back-end neste artigo. Esperamos que ajude você a selecionar o melhor back-end para seu projeto com mais rapidez.

O que é um aplicativo back-end?

No mundo da programação, o back-end se refere aos códigos de computador que lidam com operações do lado do servidor, como lógica do servidor, funções de banco de dados e muito mais. Quando você usa um aplicativo, a grande maioria dos dados que você envia e recebe são gerenciados pelo back-end do aplicativo. No entanto, as funções do back-end são totalmente invisíveis para o usuário do aplicativo.

O que é uma linguagem de programação?

Em termos leigos, a linguagem de programação é um conjunto de comandos e instruções digitais que usam sintaxes específicas para criar aplicativos de computador. Essas linguagens de programação são categorizadas da seguinte forma:

  • Linguagem de programação de alto nível

Este tipo de linguagem escreve códigos com palavras e símbolos comumente usados em conversas diárias. É por isso que os códigos de linguagem de programação de alto nível são fáceis de ler e examinar.

  • Linguagem de programação de baixo nível

Este tipo de linguagem de programação consiste em linguagens de máquina e linguagens assembly com instruções peculiares. Ao contrário da linguagem de programação de alto nível, eles escrevem códigos complicados que são difíceis de ler. Um programa chamado assembler traduz o código do assembly em código de máquina que a CPU entende, mas ininteligível para os humanos.

As dez principais linguagens de programação de back-end em todo o mundo

Existem muitas tecnologias de back-end no mundo hoje, cada uma com seus pontos fortes e fracos. No entanto, por causa deste artigo, simplificamos os melhores para projetos de aplicativos.

– JavaScript
– Kotlin 
– Scala 
– Perl 
– C++
– C# 
– Java
– Python
– Ruby 
– PHP

Sintaxe básica de escrita e formatação no GitHub

 

Sintaxe básica de escrita e formatação no GitHub




JSON Example | Microsoft Learn

 

JSON Example | Microsoft Learn

https://docs.microsoft.com/pt-br/samples/microsoft/windows-universal-samples/json/



quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Cursos de Programação | IBM - Coursera

 Cursos de Programação | IBM - Coursera

https://pt.coursera.org/courses?query=ibm 

Curso de C# | Microsoft Learn

 Curso de C# | Microsoft Learn 


Dê seus primeiros passos com o C#



Escrever seu primeiro código C#





Adicione lógica aos seus aplicativos com C#



Criar aplicativos .NET com C#




Curso de Python - Microsoft Learn

 Curso de Python - Microsoft Learn


Dê seus primeiros passos com o Python



Introdução à programação orientada a objeto com o Python





Cursos de Programação | Cisco Networking Academy

 Cursos de Programação | Cisco Networking Academy

PCAP: Programming Essentials In Python





https://www.netacad.com/pt-br/courses/programming

Salário de programador: quais cargos mais bem pagos em 2021

 

Salário de programador: quais cargos mais bem pagos em 2021




Top Linguagens de Programação 2017

 



fonte: https://blog.dankicode.com/qual-a-linguagem-de-programacao-mais-usada-no-mercado/



Linguagens de programação mais importantes em 2018

 Linguagens de programação mais importantes em 2018


fonte: https://bossabox.com/blog/linguagens-de-programacao-mais-importantes-em-2018/


GitHUB Linguagens de Programação 2014

 

As linguagens mais comuns de repositórios do GitHub em 10 de Agosto de 2014



fonte: http://devblog.drall.com.br/as-linguagens-mais-comuns-de-repositorios-do-github-em-10-de-agosto-de-2014

#LinguagemTotal de repositórios
1JavaScript1543381
2Ruby1308205
3Java1206241
4PHP832315
5Python753970
6C695644
7C++451398
8CSS326400
9Shell245568
10C#220857
11Objective-C212891
12Perl156898
13CoffeeScript83898
14Go68409
15Scala65665
16VimL54260
17Haskell41006
18R39804
19Clojure36871
20Lua33724
21Groovy27798
22Emacs Lisp27788
23Erlang27496
24Puppet21282
25Matlab14747
26ActionScript14601
27Arduino12475
28TeX12217
29OCaml11636
30Tcl11356
31Visual Basic9729
32D8768
33Prolog8169
34Common Lisp8021
35TypeScript7701
36Assembly7286
37Dart7029
38Scheme6118
39FORTRAN6099
40ASP5615
41Processing5228
42PowerShell5189
43XSLT5067
44Julia4236
45Swift4188
46F#3908
47Vala3809
48ColdFusion3708
49Rust3494
50Elixir3209
51Delphi3095
52Smalltalk2973
53VHDL2922
54Racket2920
55Logos2878
56Apex2678
57Verilog2551
58Pascal2381
59Haxe2265
60HaXe1569
61AutoHotkey1516
62Kotlin1390
63LiveScript1227
64XML1134
65SQL1018
66IDL977
67Standard ML915
68OpenEdge ABL894
69BlitzBasic872
70AppleScript773
71Eiffel764
72SuperCollider684
73Ada651
74Coq627
75nesC616
76Pure Data589
77DOT588
78Scilab548
79XQuery537
80Parrot526
81Gosu520
82M481
83Lasso471
84Slash449
85Elm445
86Objective-C++427
87xBase357
88Nemerle339
89Max333
90Nimrod302
91Objective-J279
92XC275
93DCPU-16 ASM274
94AutoIt270
95PureScript262
96Io249
97Xtend244
98Awk221
99UnrealScript202
100Cuda200