Total de visualizações de página

Quem sou eu

Minha foto
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Consultor de Tecnologia da Informação | www.anagauna.eti.br | WhatsApp: +55 (21) 97937-1230 | @amgauna | @anagaunatech

Translate

domingo, 22 de dezembro de 2019

SGDB - Arquitetura


Arquitetura de um SGBD 

Estrutura 

Podemos dizer que o Banco de Dados tem um Nível Interno, onde é descrita a estrutura de armazenamento físico dos dados, um Nível Intermediário, onde temos a descrição lógica dos dados e um Nível Externo onde são descritas as visões para grupos de usuários. 

Não podemos deixar de lembrar ainda que o Banco de Dados garante a Independência Lógica e Física dos Dados, portanto podemos alterar o esquema conceitual dos dados, sem alterar as visões dos usuários ou mesmo alterar o esquema interno, sem contudo alterar seu esquema conceitual. 

Modelos de Dados 

O Modelo de Dados é basicamente um conjunto de conceitos utilizados para descrever um Banco de Dados. 

Não existe uma única forma de representação deste modelo, porém qualquer forma que permita a correta compreensão das estruturas de dados compreendidas no Banco de Dados, pode ser considerada adequada. 

Modelo Orientado ao Registro: 

São modelos que representam esquematicamente as estruturas das tabelas de forma bastante próxima a existente fisicamente. Basicamente são apresentados os registros de cada tabela (inclusive seus campos) e seus relacionamentos elementares. 

O Modelo Relacional, o Modelo de Rede e o Hierárquico são exemplos deste tipo de representação. 

Modelo Semântico: 

São modelos onde existe uma representação explícita das entidades e relacionamentos. 

O Modelo Entidade-Relacionamento e o Funcional, são exemplos deste tipo de abordagem. 

Modelo Orientado ao Objeto: 

São modelos que procuram representar as informações através dos concietos típicos da Programação Orientada ao Objeto, utilizando o conceito de Classes que irão conter os objetos. 

Citamos os Modelos O2 e o de Representação de Objetos como exemplos típicos desta abordagem. 

O conceito de instância, sempre muito presente, poderia ser definido como sendo o conjunto de dados que definem claramente um Banco de Dados em determinado instante. 

Devemos entender então o Banco de Dados como sendo não apenas um conjunto de dados digitados, mas também todo o esquema e regras armazenada e controladas pelo SGBD. 

Em outras palavras, podemos dizer que os SGBD, vieram para eliminar todo o trabalho que anteriormente um programador de aplicação realizava controlando o acesso, integridade e redundância dos dados.

Nenhum comentário: