Total de visualizações de página

Google+ (Meus Seguidores)

Pesquisar neste Blog

Translate

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Email x Celular

Li já tem algum tempo, diversos sites recomentando não utilizar email e utilizar mais o WhatsApp.  Eu uso WhatsApp.  Eu uso email tem mais de 20 anos.
Email existe tem mais de 20 anos, é seguro, o usuário pode consultar as suas mensagens quando quiser e responder as mensagens quando tiver tempo livre disponível para isso.  
Spam o gerenciador de email administra, e o usuário tem como incluir mais itens na lista de spams.   O usuário também pode configurar o tempo que deseja que os emails ou os spams sejam excluídos de dentro da caixa de email, utilizando os filtros de email existentes dentro do sistema de email.
Para o usuário não perder o acesso a sua conta de email, o seguro e bom a fazer, é cadastrar dentro do gerenciador de email (exemplo: GMAIL, OUTLOOK, YAHOO, etc) uma segunda conta de email ou uma terceira conta de email e os seus telefones de contato. Com isso a sua conta consegue ser recuperada por email ou telefone.
Para a empresa que administra a conta de email saber que você usuário é você mesmo, tem que ser feito uma validação de cadastro, quando o sistema pedir para juntar duas ou três contas suas, isso tem que ser realizado e aceito. Isso facilita você conseguir recuperar o acesso a sua conta caso esqueça a senha.
WhatsApp eu gosto de usar para conversar com todas pessoas que eu conheço pessoalmente. E eu já vi o caso de uma amiga minha que teve o celular dela roubado, e por isso ela perdeu tudo o que existia dentro do WhatsApp. Eu adoro assistir os videos ou imagens que os meus amigos me enviam algumas vezes.
Mas minha opinião: eu acho email  mais seguro para usar trabalhando.  Eu utilizo email tem mais de 20 anos.
Dentro da conta de email (exemplo: Outlook ou Gmail) existe o item Contatos.  Se o usuário preencher  totalmente todo o conteúdo de sua agenda de telefones dentro de Contatos informando os nomes das pessoas, os nome das empresas, endereços e telefones, as informações dos Contatos irão aparecer automático dentro dos celulares: Microsoft o conteúdo do Outlook, celulares Android o conteúdo do GMAIL, e idem WhatsApp, se esses aplicativos já estiverem préviamente instalados no celular. 
Por Ana Mercedes Gauna (29/09/2015)

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Google SEO (Search Engine Optimization)

Google SEO (Search Engine Optimization)


Notei, já tem vários meses, aqui no Linkedin, e em diversos sites online, diversas pessoas (profissionais de marketing), e que não são técnicos de computação, escreverem muito referente o Google SEO (Search Engine Optimization). Mas notei que eles não sabem exatamente o que ele é, e como ele funciona.  Então quando percebi existir vários utilizando SEO online, resolvi ajudar, com esta informação:  
SEO (Search Engine Optimization):  Não é marketing.  Foi criado pelo Google em 2006.  Ele é uma ferramenta online que foi criada para facilitar (ajudar) às pessoas a acharem as informações que estão procurando, dentro das ferramentas de busca. (exemplo: Google Search, Yahoo Search (Intel) , Bing (Microsoft), etc).
Google SEO (Search Engine Optimization)lembrando que para poder utilizar, os usuários tem que ter uma conta GMAIL criada dentro do Google.
  • Google AdWords  (http://www.google.com.br/adwords/):  ele  é  uma ferramenta   utilizada  para  fazer  anúncios  online  no  Google,  para  as empresas poderem ser encontradas por seus clientes, no exato momento em que eles pesquisarem no Google, procurando pelo que você oferece.  Além disso, pague somente quando eles clicarem para visitar seu site ou ligarem para sua empresa.  Nele, na configuração, se faz o cadastramento das palavras-chave (índice-de-busca), dentro do sistema online do Google.  Os servidores (rede de computadores) do Google, fazem a divulgação online na internet desse índice de busca que foram previamente cadastrados e configurados. Por esse motivo, o profissional tem que ter conhecimento de programação Web. Estando tudo configurado correto, o sistema absorve os índices de busca, e sempre que uma pessoa digitar uma palavra-chave na ferramenta de busca, ele mostrará na pesquisa, uma relação de links de páginas que contenham essa referência (palavra cadastrada) dentro.
  • Google AdSense  (http://www.google.com.br/adsense/start/):   ele é uma ferramenta para obter valor com seu conteúdo online.  É uma maneira flexível e descomplicada de gerar receita com a exibição de anúncios relevantes e interessantes em seu conteúdo online. O Google AdSense pode exibir anúncios com facilidade em websites, sites para celular e resultados de pesquisa em sites.
  • Google Analytics  (https://www.google.com/analytics/):  ele  é  uma ferramenta para configurar o domínio internet do teu site, para poder monitorar as atividades na medida em que eles acontecem em seu site. Assim, você verá imediatamente o que está funcionando e o que não está. Veja como seus canais de marketing trabalham juntos para criar vendas e conversões. Com ferramentas de avaliação para sua empresa, com informações em vários canais, soluções de dispositivo móvel (avalia os celulares com suporte a internet, websites e os aplicativos para celular).  Tem relatórios sociais que medem como as mídias sociais afetam seus objetivos comerciais.
  • Google Webmasters (https://www.google.com/intl/pt-BR/webmasters/):  ele é uma ferramenta para ajudar o você, ele configura o domínio internet do teu site, para ele ser encontrado na Web, com acesso a dados, ferramentas e diagnósticos, para ter um site íntegro e compatível com o Google.
  • Google Tag Manager (https://www.google.com/analytics/tag-manager/):  ele é uma ferramenta para configurar o domínio internet do teu site, para você nunca perder uma oportunidade de marketing, atualiza os códigos mensais do site, com analitycs.

Para mexer ali dentro da configuração do Google SEO, onde estão cadastrados as palavras e domínios de sites ativados na internet, os usuários online tem que saber que aquilo poderá afetar todos os servidores do Google, que estão ligados dentro daquele sistema.
Dentro do Google Partners  existe um curso prático online para ensinar os usuários a usar o Google Analytics  e o Google AdWords.  Ele ajuda as pessoas a terem uma noção de como deverá ser feita a configuração do SEO.
Existe um livro à venda no site Amazon.com = Successful Analytics: Gain Business Insights by Managing Google Analytics | http://amzn.to/1JOEscO
Para a configuração no Google SEO (Search Engine Optimization) funcionar corretamente, o Webmaster ou Webdesigner, tem que saber programar uma linguagem: HTML5, PHP, JAVA, etc.  Mas o programador Web pode também utilizar um sistema web já pronto na internet, existente em alguns provedores de internet, para configurar o cadastramento das palavras chave (índices-de-busca) que serão utilizadas para procurar as informações que estão armazenadas dentro do domínio de um site ativado na internet, e que precisará ser divulgado dentro das ferramentas de busca.  (exemplo: GoogleYahoo Search (Intel), Bing(Microsoft), etc).
O Google SEO foi uma técnica criada em 2006,  é um sistema web, criado para facilitar que as pessoas encontrem as informações, que estão procurando, e que estão armazenadas dentro dos servidores de rede de diversas empresas de tecnologia. (Observação: servidores de rede, servidores SQL, mainframes, ambos são computadores com grande capacidade de armazenamento, com funcionamento muito rápido, e são muito mais potentes que um simples notebook).
O SEO foi criado para facilitar a busca de informações dentro de um BIG DATA. O Google e o Youtube (por exemplo) quando uma  pessoa  deseja  obter  uma  informação,  eles  fazem  essa  pesquisa  dentro de um BIG DATA.
Definição de BIG DATA:  O BIG DATA é a quantidade enorme de informações existentes dentro de servidores de bancos de dados, que funcionam dentro de diversos servidores de rede de computadores,  utilizando um sistema operacional de rede, interligados entre si, que hoje em dia funcionam dentro de um sistema operacional cloud computing. Cujas informações são acessadas na internet, por pessoas utilizando um computador comum (desktop ou notebook, por exemplo), ou um celular (smartphone), para lêr essas informações ou para incluir mais informações dentro do banco de dados, via cloud computing. Cada ano que passa, essa informação BIG DATA, tende a aumentar cada vez mais. Hoje em dia o banco de dados SQL existe dentro dos servidores (computador) dos provedores de internet, que fornecem o serviço de uso disponível aos clientes que contratam o serviço.
Sempre, todas as empresas de tecnologia levam muito a sério a segurança das informações que existem dentro de seus servidores.  Por esse motivo, muitas empresas de tecnologia solicitam que os técnicos que utilizam o sistema, tenham o seu cadastro feito por completo, e costumam fazer validação de informações.  A configuração do sistema  web internacional do Google tem  que  ser utilizado  por  pessoas  de  bom  senso.
Hoje em dia toda a informação que está armazenada é veiculada dentro de computadores, e os usuários utilizam um site (que é um sistema web online com login internacional), a grande maioria desses servidores de rede (mainframe), são internacionais (estão localizados em diversos países do planeta). Essa rede de computadores, é internacional, e estão ligados 100% na internet.  Todas as empresas que administram esses servidores de rede, sempre procuram zelar pela segurança do sistema, como um todo, tentando  criar  um  índice  de segurança maior que o 100%.   SEO não é marketing.  
Resumindo:  O   Google SEO (Search Engine Optimization), utiliza palavras e domínios de sites web ativados, com índice de busca, usando um sistema web, com login internacional, dentro dos servidores de rede de computadores do Google.
Não estou brigando com os profissionais marketing, ok?  Só estou repassando uma informação de parte técnica.  Quem o utiliza, tem que saber.  SEO (Search Engine Optimization) não é marketing.

Academia Brasileira de Marketing no 29º Prêmio Veículos de Comunicação 2015 define finalistas


Associação Brasileira de Marketing & Negócios no Prêmio Marketing Contemporâneo 2015 escolhe os melhores profissionais do ano


Eu gosto de experimentar diversas ferramentas online, antes de me decidir o que eu vou utilizar. Sou profissional de Tecnologia da Informação. Eu tenho cadastro (completo) dentro de diversos sites de empresas de tecnologia, há muitos anos.   Trabalho com computadores tem mais de 20 anos.    :-)
Por Ana Mercedes Gauna (20/09/2015)

https://anagauna.wordpress.com  |   https://about.me/anagauna

Senior System Analist | Webmaster | DBA | CCNA2 | ERP | Management

Rio de Janeiro/RJ - Brazil - 27 anos de experiência profissional (CLT)

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Uma rápida olhada no ICANN



Esta semana fui numa palestra do ICANN.org referente governança da internet no futuro, que foi realizada no prédio da Fundação Getúlio Vargas (Botafogo/RJ).  Gostei muito, achei muito interessante. Já tem muitos anos que não comparecia pessoalmente em uma palestra referente a governança da internet, sendo realizada no Rio de Janeiro.  

Já tem tem muitos anos que muitas empresas de tecnologia, a grande maioria, saíram do Rio de Janeiro, fecharam os seus escritórios aqui e mudaram seus escritórios para São Paulo. A grande maioria hoje estão todos em São Paulo.
Ontem eu vi que no perfil do Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (não votei nele, mas aos poucos acompanhando o que ele divulga no perfil dele do Facebook, de vez em quando, já tem vários anos, aos poucos eu passei a gostar dele como político. Eu não sou uma pessoa fã de politica), divulgou em http://www.rio.rj.gov.br/web/meudominiorio/ que a partir de 27/09/2015 as pessoas que tem residência fixa no Rio de Janeiro e as empresas que tem escritório fixo no Rio de Janeiro, já podem ter o seu domínio internet .RIO
O Site da Prefeitura do Rio de Janeiro utilizou, vi no dia 26/09/2015 e 27/09/2015, um slogan que eu gostei muito, ele colocou no site "todas as pessoas que amam o Rio de Janeiro".  Eu sou uma dessas pessoas. Eu nasci aqui e sempre vivi aqui no Rio de Janeiro, é uma cidade que eu adoro, e que eu amo muito.  Rio de Janeiro é uma das cidades mais bonitas do mundo, e tem mais de uma dezena de praias, uma praia mais bela e mais bonita que a outra. Definitivamente eu sou fã da minha cidade mãe. Foi aqui no Rio de Janeiro que eu fui criada desde que eu nasci.  Eu sou carioca e eu amo esta cidade, muito. Tenho muita paixão pelo Rio de Janeiro.

No evento do ICANN informaram que nenhuma pessoa, empresa, organização ou governo controla a internet, mas a internet é um local de uso comum por todos, no planeta que vivemos.  
Como tudo o que existem na nossa vida, não pode existir uma bagunça sem controle, alguém precisa tentar administrar o uso da internet.   Quem está envolvido em tentar organizar e administrar a internet?   :-)

Os Governos e Organizações inter-governamentais, desenvolvendo leis, normais e políticas aplicáveis na internet, dentro de suas juridições, participando de fórums regionais e fórums internacionais, multilaterais, e com várias partes interessadas em governança da internet.  
Grupos de Operadores de Rede de Internet, composto pelos provedores de acesso à internet (ISPs) e pontos de interncâmbio internet (IXPs), ambos discutem e influenciam alguns dos assuntos relacionados com as operações e as normas de internet, utilizando os fórums informais existentes na internet.
IAB (Internet Architecture Board) (http://www.iab.org), é uma entidade que supervisiona o desenvolvimento técnico, e de engenharia do IEFT (Internet Enginneering Task Force) (http://www.ietf.org), é uma entidade que desenvolve e promove uma ampla gama de padrões, que tratam em particular, para padronizar o conjunto de protocolos utilizados na internet.  Seus documentos técnicos influenciam a forma como as pessoas projetam, usam e gerenciam a internet; e o IRTF (Internet Research Task Force) (http://www.irtf.org), é uma entidade que promove a pesquisa da evolução da internet através da criação de grupos de pesquisa com foco a longo prazo, que trabalham em tópicos relacionados com protocolos de internet, aplicativos, arquitetura e tecnologias voltadas para a internet.
IGF (Internet Governance Forum) (http://www.intgovforum.org), é um fórum aberto de várias partes interessadas em debater sobre as questões relacionadas à governança da internet.
ISO 3166 MA (International Organization For Standardization, Maintenance Agency) (http://www.iso.org/iso/country_codes.htm), é uma entidade que define os nomes e códigos postais dos países, territórios independentes, e as áreas especiais de significado geográfico.
ISOC ( Internet Society) (http://www.internetsociety.org), é uma entidade que assegura o desenvolvimento aberto, a evolução e o uso da internet para o benefício de todas as pessoas em todo o mundo.  Atualmente o ISOC conta com mais de 90 capítulos (escritórios de filiais) em cerca de 80 países.
RIRS (5 Regional Internet Registries) é uma entidade que gerencia a alocação e o registro de recursos de numeração da internet, como endereços IP, dentro das regiões geográfica do mundo:  Africa (http://www.afrinic.net), Ásia-Pacífico (http://www.apnic.net), Canadá e Estados unidos (http://www.arin.net), América Latina e Caribe (http://lacnic.net), Europa, Oriente Médio e partes da Ásia Central (http://www.ripe.net).
W3C (World Wide Web Consortium) (http://www.w3.org), é o órgão que cria normas para a World Wide Web que habilitam uma plataforma aberna na Web, por exemplo, para se focar nas questões de acessibilidade, internacionalização e aplicação de soluções móveis na internet.
Para administrar e controlar quem é a pessoa ou empresa que está utilizando os domínos de internet no Brasil e em outros países, existe o WHOIS, e para se realizar a consulta nele, não se digita o http:// e nem o WWW, se digita o restante do nome do domínio. No Registro.BR o WHOIS é encontrado em https://registro.br/cgi-bin/whois/  (para consultar domínios no Brasil).  Para consultar domínios internacionais o WHOIS é encontrado em http://whois.domaintools.com
ICANN (Internet Corporation of Assigned Names and Numbers) é uma organização global multi internacional do setor privado que gerencia os recursos da internet para o benefício de todos, é mais conhecida pela sua função de coordenador técnico do sistema de nomes de domínios na internet. (http://www.icann.org); ele administra a atribuição de nomes e números de mais de 30 domínios internacionais de alto nível (TLDs).  (exemplo: .RIO  .COM   .NET  .ORG ) e cada ano que passa, existe um estudo para a formalização da criação de mais nomes nomes de domínios.
Existe domínios de internet para identificar o idioma do país (exemplo:   .BR (português do Brasil),  .PT (português de  Portugal) , .IT (italiano da Itália),  .FR (francês da França),  .ES (espanhol da Espanha),  .DE (idioma alemão),   .EN (idioma inglês),  .UK (idioma inglês britânico),  .JA-JP (japonês do Japão)  e etc existem vários outros.
Eu adoro lêr as revistas internacionais de vez em quando:  Vogue de Portugal (http://www.vogue.xl.pt/), a Vogue da Itália (http://www.vogue.it/), Vogue Britânica (http://www.vogue.co.uk/), Cosmopolitan Espanha (http://www.cosmopolitantv.es/), e observar como anda a moda de hoje em outros países.  Eu gosto muito de olhar essas revistas internacionais.
O que faz o ICANN? Para encontrar um site de uma pessoa ou de uma empresa na internet, você precisa digitar um endereço (um nome ou um número), no seu computador ou smartphone ou tablet,  Esse endereço deve ser exclusivo, para que os computadores saibam onde encontrá-los.  O ICANN mantém e coordena esses identificadores exclusivos ao redor do mundo.  Sem o gerenciamento deste sistema promovido pelo ICANN, conhecido como sistema de nomes de domínio (DNS), não teríamos uma internet dimensionável global, onde nos encontramos hoje em dia. 
Quais as funções que o ICANN coordena?  O sistema de nome de domínio (DNS), a alocação de endereços do protocolo de internet (IP), o registro de parâmetros de protocolo (de rede de computadores), os sistemas de servidor rais, o gerenciamento de nome de domínio de nível superior genérico (gTLD), o DNS do nome do domínio de nível superior do código do país (ccTLD), e o gerenciamento de banco de dados por fuso horário.
O ICANN promove a segurança do DNS ao fornecer as melhores práticas de educação segura para os operadores e prestadores de TLD, implementando novas medidas de segurança como o DNSSEC.
O trabalho do ICANN permite que novas tecnologias sejam desenvolvidas, mantendo a interoperabilidade em toda a internet global. Por exemplo o gerenciamento de identificadores únicos de protocolo que permitem a comunicação utilizando conexões seguras entre os usuários e seus provedores de internet.
O ICANN supervisiona os contratos que mantém e reforça as políticas desenvolvidas através de um processo conduzido pela comunidade.  A função dele é procurar, dar conta, e corrigir todas as práticas que não estejam em conformidade.
Essa tarefa de tentar administrar a internet a nível mundial, na minha sincera opinião, é um trabalho muito difícil de ser domesticado.  Desejo muito boa sorte a todos eles.  Administração é tudo de bom.   :-)
Por Ana Mercedes Gauna (em 18/09/2015)

Minha lista de blogs